quinta-feira, 30 de abril de 2009

LARANJA DA TERRA REGISTRA SETE CASOS DE DENGUE E PREFEITURA ALERTA A POPULAÇÃO

A dengue chegou em Laranja da Terra. Segundo o responsável pela coordenação de combate e controle do mosquito , Daniel Schreiber, já são sete casos confirmados de dengue no município, ao mesmo tempo em que dezenove pessoas apresentam os sintomas da doença.

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus e é transmitida através do mosquito
Aedes aegypti,. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo. Para evitar que a doença se espalhe em Laranja da Terra, a Prefeitura Municipal tem alertado a população para tomar as devidas precauções. Afinal, o combate á dengue deve começar dentro de cassa, com as seguintes medidas:
1-Evitar água parada.
2-Sempre que possível, esvaziar e escovar as paredes internas de recipientes que acumulam água.
3-Manter totalmente fechadas cisternas, caixas d'água e reservatórios provisórios tais como tambores e barris.
4-Furar pneus e guardá-los em locais protegidos das chuvas.
5-Guardar latas e garrafas emborcadas para não reter água.
6-Limpar periodicamente, calhas de telhados, marquises e rebaixos de banheiros e cozinhas, não permitindo o acúmulo de água.
7-Jogar quinzenalmente desinfetante nos ralos externos das edificações e nos internos pouco utilizados.
8-Drenar terrenos onde ocorra formação de poças.
9-Não acumular latas, pneus e garrafas.
10-Encher com areia ou pó de pedra poços desativados ou depressões de terreno.
11-Manter fossas sépticas em perfeito estado de conservação e funcionamento.
12-Colocar peixes barrigudinhos em charcos, lagoa ou água que não possa ser drenada.
13-Não despejar lixo em valas, valetas, margens de córregos e riachos, mantendo-os desobstruídos.
14-Manter permanentemente secos, subsolos e garagens.
15-Não cultivar plantas aquáticas.

Anote uma receita caseira de combate ao mosquito da dengue, baratíssima, simples e com eficiência comprovada cientificamente

A população de todo o Brasil pode ajudar nos trabalhos realizados pelas secretarias de saúde de combate ao mosquito transmissor da dengue. A receita é prática e simples e não envolve uso de venenos ou inseticidas perigosos à saúde humana ou dos animais. A proliferação do mosquito da espécie Aedes aegypti, que transmite a doença, pode ser combatida colocando-se borra de café nos pratinhos de coleta de água dos vasos, nos pratos dos xaxins, entre as folhas das plantas que acumulam água, como as bromélias e nos locais da casa em que a água se acumula e fica parada, como ralos. O único trabalho que você terá é colocar aquele pó úmido que resta depois do café ser coado.
A descoberta que revelou que a borra de café combate com eficiência o Aedes aegypti é da cientista e bióloga Alessandra Laranja. Ela é pesquisadora do Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp), campus de São José do Rio Preto. Os testes realizados em laboratório comprovaram que a borra de café - que fica depositada no coador, é uma arma muito eficiente contra o mosquito transmissor da dengue. A borra depositada nos pratinhos e reservas de água de plantas impede que o mosquito transmissor da dengue ponha seus ovos.
Se o Aedes aegypti já tiver desovado, mesmo assim, a borra de café consegue impedir que os ovos se desenvolvam em larvas. Em seu estudo, a bióloga mostrou que a cafeína da borra de café altera as enzimas chamadas esterases, responsáveis por processos fisiológicos fundamentais como o metabolismo hormonal e da reprodução do Aedes aegypti. Anote agora a receita caseira para combater o mosquito da dengue com borra de café:

1) Para fazer a solução que pode ser aplicada em pratos, plantas ou até mesmo jardins e hortas que acumulem água você vai precisar de 2 colheres das de sopa de borra de café misturadas em meio copo de água. Depois de pronto você já pode começar a aplicar o conteúdo. Se precisar de mais, faça sempre na proporção indicada, ou seja, 2 colheres de borra de café para cada meio copo de água.
2) Outra receita com a borra de café é usá-la diretamente nos vasos, sem a diluição em água. Desta maneira você estará também adubando de forma ecológica as plantas. A diluição da borra de café vai acontecer naturalmente, na medida em que a planta for regada.
3) Não se esqueça que a borra de café pode ser aplicada também em outros locais da casa que acumulem água como, por exemplo, nos ralos e até mesmo na terra do jardim ou poças que se formam com a água da chuva.
4) E lembre-se, ajude o Brasil na luta contra a dengue. Faça propaganda boca-a-boca, informe seus amigos e familiares, dissemine esta receita que é barata, simples e acessível. Além de saborear o bom e velho "cafezinho" brasileiro, você poderá contribuir com a melhoria do seu meio ambiente e da saúde pública.


(Fonte: Jornal do Commercio - http://www.jornaldocommercio.com.br/ eBoletim Raízes da Terra http://www.cesamep.cjb.net/ )

terça-feira, 28 de abril de 2009

Laranja da Terra é notícia no UOL Esporte Aventura - 28/04/2009 - Acompanhe...

Survivor Trip Trail promete emoção em 200km de mountain bike

Para compor o calendário do mountain bike nacional, nos dias 5, 6 e 7 de setembro, haverá a prova Survivor Trip Trail, na cidade de Laranja da Terra, no Espírito Santo. Em estilo maratona, serão dois dias de competições em duplas.
“Pretendemos colocar essa competição no nível das grandes provas nacionais de maratona, para isso estamos procurando trazer atletas de renome nacional, além de montar um trajeto sensacional. Alguns pontos magníficos farão parte do percurso, como a pedras dos Cinco Pontões e da Laginha. É apenas o nascimento do evento, mas ele já nasce grande”, afirma Thiago Mol, diretor técnico da competição.
O primeiro dia de prova terá 120 quilômetros de percurso e o segundo dia 80 quilômetros, para a categoria Pro. Para a Sport, serão 65 quilômetros no primeiro dia e 30 no segundo, totalizando 95 quilômetros. Pedro Buery alerta aos interessados que façam suas inscrições o mais rápido possível. “Os primeiros 50 inscritos serão presenteados com uma camiseta especial de ciclismo confeccionadas exclusivamente para o evento, além de conseguir a taxa de inscrição especial de R$ 80. A partir do 51º inscrito, as inscrições passam a ter o valor de R$ 130”.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Criação de aves exóticas está em alta no Espírito Santo.

Jornal A Tribuna - 26/04/2009
Além de criadouros de canários, estimado em mais de 500 em Laranja da Terra, está crescendo a produção de outras aves exóticas no município, como a calopsita e o agarponis.
O comprador e criador de pássaros Sidinei Kuster Sobreiro, 27 anos, disse que esse é um mercado
em ascensão.
“O valor de um filhote de calopsita, por exemplo, gira em torno de R$ 50,00. Assim como os canários, a maior parte da produção eu vendo para o Rio de Janeiro e Minas Gerais”, afirmou.
O casal Jair e Ana Marques, da localidade de Manteiga, além da criação de canários, pretende iniciar a criação da calopsita, que tem o valor comercial mais elevado. O produtor Enival Grunewald, o Filinho, também diversifica a criação das aves.
“Atualmente, tenho 13 casais de mandarim, 10 casais de agarponis e cerca de 25 casais de periquitos australianos. Os periquitos, diferentes dos demais pássaros, produzem o ano inteiro, e podem viver todos juntos em um mesmo viveiro”, relatou.
Sidinei Sobreiro ressaltou que, no período de reprodução dos canários, ele chega a comercializar até 3 mil canários por mês.
“Cerca de 90% da produção de aves de Laranja da Terra é vendida para o Rio de Janeiro. Normalmente, eu levo os pássaros para lá a partir de encomendas”, explicou. Parte da produção também e vendida para a Grande Vitória.

ACASALAMENTO
O período de acasalamento dos canários começa em junho e vai até dezembro. Os casais são colocados em gaiolas ou viveiros separados, onde a cada 40 dias, em média, produzem uma nova ninhada. É essencial deixar fios de estopa ou mato fino e seco para que o casal possa fazer o ninho.
As fêmeas botam, geralmente, de quatro a cinco ovos em dias seguidos e a incubação leva em torno de 13 dias.
Com 15 a 20 dias, os filhotes começam a deixar o ninho, mas são mantidos com os pais por pelo menos 30 dias. Muitas vezes, a fêmea já está chocando novamente e os filhotes da ninhada anterior ainda estão com os pais.
Filinho observou que um mesmo macho pode acasalar com até três fêmeas de uma só vez. “Para criar canários, assim como as outras espécies de aves, tem que gostar e ter muito capricho. A dedicação e o zelo são primordiais para que nasçam sempre filhotes bonitos e sadios”, frisou o produtor.

Homem dos mil canários

Há 14 anos, produtor rural de Laranja da Terra cria os pássaros que chamam a atenção devido às cores e ao canto

JÚLIO HUBER
Amarelos, brancos, verdes, pardos e vermelhos. Essas são algumas das cores do canário belga, que não sobrevive no meio ambiente brasileiro e é criado em cativeiro. No município de Laranja da Terra, região Serrana do Estado, existem pelo menos 500 criadouros.
Um que se destaca é o produtor rural Enival Grunewald, o Filinho, 45 anos, morador da localidade de Manteiga. No início deste mês, ele contava com mais de mil canários, entre machos e fêmeas.
Durante o período de reprodução, que começa em junho e vai até dezembro, Filinho coloca mais de 100 casais de diversas cores para produzirem mais de dois mil filhotes anualmente.
Filinho, que se diz apaixonado pelos pequenos pássaros, cria canários há 14 anos.
O canário belga mede entre 14 e 15 centímetros da ponta do bico à extremidade da cauda. A cabeça é pequena e estreita, as pernas longas, o peito é arredondado e cheio. A plumagem é compacta e lisa.
“O segredo de produzir canários bonitos é a dedicação, o capricho e, principalmente, o amor aos pássaros”, ressalta Filinho, lembrando que o filhote custa R$ 5,00, enquanto o adulto sai a R$ 25,00.

O chefe de gabinete da Prefeitura de Laranja da Terra, Carlos Alberto Jarske, disse que centenas de famílias de agricultores do município criam canários como uma alternativa de aumentar a renda na propriedade.
Ele afirmou que uma pessoa já chegou a comprar um carro zero quilômetro com o dinheiro da venda dos pássaros. “Muitas famílias acordam cedo, cuidam dos pássaros e depois vão para a lavoura. A renda com os canários é uma complementação”, explicou.
No caso do Filinho, a criação de canários belgas se tornou a principal atividade da propriedade. “Quando é o período da criação, minha mulher ajuda a preparar a comida para os filhotes. Eu me dedico quase que exclusivamente aos pássaros, mas tenho lavouras de café e outras culturas.”

domingo, 26 de abril de 2009

Inscrições para o SURVIVOR TRIP TRAIL 2009 em Laranja da Terra

Thiago Mol
A partir do dia 27/04 estarão abertas as inscrições para o SURVIVOR TRIP TRAIL 2009, competição de MTB no estilo maratona, que promete ser mais uma grande competição nacional da modalidade.

A competição acontece nos dias 05, 06 e 07 de Setembro em Laranja da Terra, município do interior do Espírito Santo que possui uma população aproximada de 11 mil pessoas que prometem recepcionar os atletas com muita festa e cordialidade. A cidade também foi palco da chegada do Desafio das Montanhas 2008, evento de Corrida de Aventura internacional promovido pela mesma organização da competição de MTB, a Focus Assessoria Esportiva.

Serão 200 km de muitas surpresas, é isso que promete a organização do evento, “pretendemos colocar essa competição no nível das grandes provas nacionais de maratona, para isso estamos procurando trazer atletas de renome nacional, além de montar um trajeto sensacional, alguns pontos magníficos farão parte do percurso, como a pedras dos Cinco Pontões e da Laginha. É apenas o nascimento do evento, mas ele já nasce grande”, afirma Thiago Mol, diretor técnico da competição.

Segundo Valter Rocon, também organizador da competição “serão dois dias de muita força e técnica, no primeiro dia serão 120km, já no segundo a distância será de 80km, mas não menos emocionante”.

Porém os interessados devem se apressar para se inscrever, pois o número limite de atletas é de 250 pessoas, em virtude da logística destinada ao evento, “a cidade está se preparando para receber os melhores atletas do Brasil, grandes modificações estão sendo feitas por conta do evento, como na rede hoteleira, melhor infra estrutura na rede de restaurantes, entre outros, porém o resultado dessa mudança só acontecerá a longo prazo” destaca Mol.

Pedro Buery, diretor administrativo da empresa, explica o porquê dos atletas se apressarem para realizar suas inscrições, “Os primeiros 50 inscritos serão presenteados com 01(uma) camiseta especial de ciclismo confeccionadas exclusivamente para o evento, além de conseguir a taxa de inscrição especial (R$ 80,00). A partir do 51º inscrito as inscrições passam a ter o valor de R$ 130,00”.

Os organizadores ainda mandam um recado aos atletas, “todos os atletas que por aqui passarem serão muito bem recebidos até o momento da largada, os que restarem ao final realmente irão fazer jus ao nome da competição (sobreviventes)”.

As inscrições poderão ser realizadas pelo site www.webventure.com.br. Ao todo serão distribuídos R$ 12.000,00 em prêmios e haverá hospedagem gratuita para os interessados.

Mais informações pelo site www.survivortriptrail.com.br

quinta-feira, 23 de abril de 2009

VISITA DOS “DESBRAVADORES” AO GABINETE DO PREFEITO

Uma grata visita aconteceu no dia 22 de abril ao Gabinete do Prefeito de Laranja da Terra. O grupo dos “Desbravadores” esteve acompanhando no Gabinete parte de um dia de atividades do Prefeito Joadir. O Grupo que tem sede na localidade de Sobreiro veio Laranja da Terra em razão da tramitação do Projeto de Lei que cria o Dia Municipal do Desbravador e aproveitando a vinda, estiveram no Gabinete. Lá foi mostrado aos adolescentes que compõem o grupo a importância do trabalho que a administração presta a população e da seriedade e moralidade como um município deve ser administrado. O Prefeito Joadir Lourenço bem como a sua equipe de governo ficaram muito alegres com a inesperada visita e principalmente por saber que as crianças e adolescentes já se preocupam com os rumos do município.

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Veja o que vai acontecer em "Laranja da Terra"

Click e Assista:


video


SURVIVOR TRIP TRAIL 2009

Mountain Bike

05, 06 e 07 de Setembro de 2009.

terça-feira, 21 de abril de 2009

Fazenda Matutina, onde nasce a nossa maior riqueza


Poucos de nós temos conhecimento da polemica situação da Fazenda Matutina, divisa entre o Município de Laranja da Terra e Itarana, região onde nasce o Rio Taquaral, localidade esta, com uma das maiores riquezas para sobrevivência humana, que é a água, que esta prestes a receber mais 30 famílias dos Sem Terra para serem assentadas naquela região.
Entendemos que o INCRA seja o posseiro daquelas terras, mas o que não podemos concordar é com a irresponsabilidade daquele órgão com o meio ambiente, pois naquelas terras nasce o Rio Taguaral que é um dos afluentes do Rio Guandu, e que corta os municípios de Afonso Claudio, Laranja da Terra e Itarana, próximo ao local já temos várias famílias do Movimento dos Sem Terra – MST assentadas.
O Rio Taquaral serve como principal fonte de abastecimento para as famílias que dependem quase que exclusivamente de suas águas para atendimento de todas as suas necessidades diárias, de forma que a falta de água no mesmo pode prejudicar seriamente tais famílias, motivo pelos quais, um grupo de Assentados e pequenos proprietários do Distrito de Joatuba fizeram um abaixo assinado onde relatam as suas dificuldades, angústias e anseios, para tantas famílias que já não tem muitas condições de sobrevivência e passam por muitas carências.
Não bastando, o INCRA quer assentar mais 30 famílias naquela região, diante dessa situação, chamamos a atenção das autoridades para que não deixem isso acontecer. Seja observado o impacto ambiental associado à conservação do meio ambiente, hoje uma das grandes preocupações mundial, e ainda a degradação que já foi constatada naquela região.
Nossa manifestação é que o INCRA transforme aquela área numa reserva ambiental, ou seja, transformar em reserva biológica assegurando o uso consciente da água por parte das famílias, bem como, da conversação da Biodiversidade da região preservando as nascentes que formam o Rio Taguaral e acima de tudo garantindo a subsistência das famílias já assentadas naquela região juntamente com os pequenos proprietários da agricultura familiar do Distrito de Joatuba.

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Governador Paulo Hartung anuncia Obras do Asfalto para Laranja da Terra

Na ultima terça-feira, dia 14 de abril, estiveram reunidos com Governador Paulo Hartung o Prefeito Municipal Joadir Lourenço Marques acompanhado do ex-Prefeito Cláudio Pagung e atual Secretário de Agricultura do Município, vice-Prefeito Renato Rocha, Presidente da Câmara Elcio Doring e os Vereadores: Élson Armani, Jovercino Klemes, Jairo Mayer, Florisvaldo Kester, Josafá Storch, Reginaldo Kuster, ocasião em que todos retornaram muitos entusiasmados conforme declarações do Prefeito Joadir Lourenço: “O Governador nos deu uma noticia muito boa, nos antecipou que em junho estará dando a ordem de serviço para inicio das obras de asfaltamento da estrada que liga Laranja da Terra a Itarana, e ainda, a construção de duas pontes no trecho da Rodovia asfaltada que liga Lagoa(Afonso Cláudio) a Laranja da Terra, uma será construída na ponte criminosa na divisa dos dois Municípios e a outra na Comunidade da Perdida na altura da propriedade do Sr. Waldemiro Seibel”. Outro acordo ainda firmado com o Governador é a parceria para a construção da Escola na Sede do Distrito de Joatuba, o Município entrará com o terreno e o Governo do Estado com a obra. O Governador frisou que serão investidos mais de 40 milhões na construção do asfalto. Finalizando, parabenizou o Prefeito Joadir Lourenço pela iniciativa de não fazer a festa do município no mês de maio, tendo em vista a crise que vem atormentando o mercado mundial.

domingo, 19 de abril de 2009

Laranja da Terra leva cultura pomerana para o ‘Sabores do Campo’‏

A 17° edição do ‘Sabores do Campo’ que ocorreu na terça-feira (14), às 19 horas, no Hortomercado, em Vitória. O evento contou com a participação do município de Laranja da Terra, que divulgou os produtos da agroindústria familiar da região e mostrou as tradições da cultura pomerana, preservada por seus habitantes. O ‘Sabores do Campo’ é promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) em parceria com as prefeituras municipais do Espírito Santo. O objetivo do projeto é valorizar e incentivar o trabalho da agroindústria familiar aproximando o campo e a cidade. O projeto faz parte das ações estratégicas do Novo Plano Estratégico de Desenvolvimento da Agricultura Capixaba (Novo Pedeag), que estimula o desenvolvimento social e a oferta de produtos e serviços de qualidade, a valorização histórica e cultural e a conservação ambiental das atividades rurais não agrícolas.

O município de Laranja da Terra é um dos mais novos do Estado. Foi fundado em 10 de maio de 1988, desmembrando-se de Afonso Cláudio. A cidade está localizada na mesoregião central do Espírito Santo, a 160km da Capital – Vitória. Atualmente, de acordo com o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a população do município é de aproximadamente 10.850 habitantes, sendo que deste total, 73% encontram-se na área rural.

Os principais produtos do setor agropecuário, cultivados na região são: café; hortaliças, como tomate e quiabo; frutas, como manga, mamão e banana; e culturas de subsistência, como feijão e milho e produção de leite.


‘Sabores do Campo’
O projeto teve início no segundo semestre de 2007 e tem como objetivo principal unir o meio urbano ao rural, através de momentos de degustação de produtos típicos da agricultura de base familiar, dos municípios participantes.
O ‘Sabores do Campo’ acontece, periodicamente, no Espaço Agricultura em Movimento da Seag, nas dependências do Hortomercado em Vitória. Desde a primeira edição, 16 municípios participaram do projeto: Afonso Cláudio, Alfredo Chaves, Anchieta, Castelo, Dores do Rio Preto, Guaçuí, Santa Teresa (Pólo de Uva), Aracruz, Domingos Martins, Venda Nova do Imigrante, Mimoso do Sul, Vargem Alta, Nova Venécia, Montanha, Santa Leopoldina e Pinheiros.

Assista ao vídeo:

video